Manifesto


Bucaneiras é um coletivo feminista de ideais piratas, que busca despertar a consciência feminista e para as questões de gênero, difundir práticas que promovam o empoderamento das mulheres e divulgar coletivos, ideias e iniciativas feministas.

O coletivo surgiu organicamente dentro dos ambientes do Partido Pirata, pela necessidade  de se discutir a política e as questões de gênero pela ótica feminina, incluindo-se aí questões de opressão e gênero dentro das próprias estruturas do Partido. O coletivo se orienta por princípios tipicamente piratas – como a colaboratividade e a horizontalidade – e é aberto a qualquer mulher, cis e trans, que tenha interesse em desenvolver projetos e debater ideias feministas dentro desse contexto, sem vinculação partidária. Ao longo do ano de 2016, o grupo feminista cresceu e passou a trabalhar de maneira independente dos demais coletivos piratas, funcionando também como um observatório de estruturas de opressão em grupos progressistas/libertários – principalmente o próprio Partido Pirata.

Buscamos ocupar os espaços políticos para além das questões de gênero, pois acreditamos que mulheres não se resumem à discussão do feminino, mas são também transformadoras da sociedade por meio de suas ocupações profissionais, ações e projetos.

Acreditamos que não basta ocupar os ambientes tradicionalmente tomados pelos homens, mas transformar as estruturas democráticas em torno de novos ideais e referências que abriguem as novas questões presentes na sociedade, ressignificando a democracia para um conceito aplicável e acolhedor para todas as pessoas – e que esta só será plena quando todas exercerem sua participação política e esvaziarem as estruturas políticas das marionetes do poder.

Por fim, buscamos fomentar uma rede de apoio amigável entre iniciativas feministas e mulheres, primando pela cultura livre, colaboração permanente, segurança digital e direito à privacidade.